domingo, 28 de maio de 2017

VANESSA VAI À LUTA - COMENTÁRIO

Comentário à obra de Luísa Costa Gomes, Vanessa vai à luta.

Texto coletivo 8ºB
Vanessa tem sete anos e vai demonstrando, ao longo da história, que é teimosa porque só faz aquilo que quer. Na relação com o irmão, ela apresenta ser maléfica e manipuladora porque assusta-o com as histórias que inventa, as quais mostram o seu caráter criativo, acabando por conseguir os seus objetivos. Também é arrogante e mal-educada, não obedecendo à mãe, e usa uma linguagem agressiva e calão. Ela é uma maria-rapaz que detesta bonecas e outros brinquedos considerados para meninas e adora brincadeiras consideradas típicas de rapazes. Mostra-se revoltada contra o preconceito na educação das crianças e contra a desigualdade de género.
Apesar de ser muito nova, Vanessa revela que é inteligente e tem atitudes críticas em relação ao papel da mulher na sociedade com o qual não concorda e, por isso, vai à luta para defender os direitos das mulheres. Vanessa simboliza, então, todas as mulheres que vão à luta para conseguirem liberdade e os mesmos direitos dos homens.
Para ir à luta, Vanessa usou uma metralhadora, não para matar, mas, sim, como símbolo de justiça e proteção contra o preconceito.
Com muito humor, Luísa Costa Gomes critica o preconceito que ainda existe em pleno século XXI. Ainda há distinção na educação de géneros, ainda há mulheres que têm de fazer todo o trabalho doméstico, mesmo tendo trabalho fora, e ainda há outras situações em que a mulher é discriminada.
Em suma, o preconceito ainda não acabou, logo é preciso mudar mentalidades, é preciso aceitar as diferenças e a mudança começa em nós.

Texto coletivo 8ºA
Vanessa é uma menina de sete anos. É contestatária porque protesta contra tudo o que acha errado. Por vezes, revela falta de educação quando desrespeita as ordens da mãe e lhe responde de forma grosseira.
É traquina e um tanto maldosa com o irmão quando o assusta com as suas histórias que revelam um caráter criativo e muita imaginação. É uma lutadora pelos direitos das mulheres e pela igualdade de género. É observadora e atenta, muito curiosa, o que faz dela uma pessoa crítica.
A personagem Vanessa simboliza os direitos das mulheres que, em pleno século XXI, ainda não estão totalmente adquiridos.
Para defender os direitos das mulheres, Vanessa usa uma metralhadora que conota a proteção das mulheres.
Com esta personagem, a autora Luísa Costa Gomes pretende mostrar que os homens ainda têm um papel passivo em casa e as mulheres ainda têm um papel de escravas porque trabalham fora e dentro de casa.
Em suma, as mulheres ainda são vítimas de discriminação e preconceito pelo que devemos lutar para combater a desigualdade de género tal como nos ensina a Vanessa.

Sem comentários:

Enviar um comentário